CASE: DST Solar aposta no FlatFix Fusion para uma instalação na sua empresa

A DST Solar, uma empresa DST Group, sediada em Braga, e uma das mais importantes empresas a operar no mercado nacional, decidiu recentemente apostar o primeiro projeto com o nosso FlatFix Fusion, um dos nossos sistemas de fixação, caracterizados pela fiabilidade, inovação e rapidez, numa sua infraestrutura.

O projeto contemplou cerca de 70kW, com 226 módulos a serem instalados com este sistema modular, gravítico e flexível, perfeito para coberturas com obstáculos.

A Esdec e a DST Solar têm bem presente a importância e o peso de uma estrutura flexível e equilibrada para ter projetos de qualidade e ganhadores, e o FlatFix Fusion traz o valor acrescentado da rapidez de instalação, facilidade nas conexões terra e equipotencial e os 20 anos de garantia estrutural, algo que a DST Solar faz questão de aportar aos seus projetos.

Carlos Silva, diretor de produção, está muito satisfeito com o resultado e com a opinião geral acerca da instalação: “A configuração modular deste sistema permite trabalhar com flexibilidade nas distâncias entre filas. Isto torna muito fácil contornar os vários obstáculos e imponderáveis nas coberturas. Um dos pontos mais fortes do Fusion é a possibilidade de criar um sistema específico para cada telhado.”

Sérgio Vieira, diretor de obra, foi célere ao afirmar “A cablagem externa e embutida nos módulos é facilmente ajustada à estrutura, com segurança, reduzindo o tempo de instalação e aumentando a qualidade geral das nossas instalações.”

Tiago Antunes, sales manager Portugal, está muito satisfeito com esta nova parceria: “A DST Solar é um importante agente no setor fotovoltaico e a Esdec está muito satisfeita com esta parceria. É uma empresa com muita experiência e conhecimento no setor FV e eu estou particularmente satisfeito com a oportunidade. Foi ótimo poder assistir nas minhas visitas à instalação e do acompanhamento feito ao projeto, o valor acrescentado ao projeto, quer em termos técnicos, quer em termos de gestão. Obrigado a toda a equipa DST Solar por esta oportunidade, em especial ao Carlos Silva por assumir o risco e aposta na Esdec e ao Sérgio Vieira pelo apoio e dedicação, esperando que este seja o primeiro de muitos projetos juntos.”